quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Sou toda a possibilidade de não ser.

Não estou.

Confuso, parti.

E aí também não cheguei.

Permaneci em mim

Ainda assim,

Não sendo.

17 comentários:

  1. Doce Evan que poema mais lindo!

    Permaneça em sí assim... Poeta Encanto...


    Beijos confessos...

    ResponderExcluir
  2. é como estou me sentindo hoje..
    bjs.

    ResponderExcluir
  3. Bem legal o poema.
    Tudo combinou com tudo.

    ResponderExcluir
  4. Meu amigo João! É bom lembrar que trata-se de uma questão de possibilidades. Aquela história de ser ou não ser.

    Gostei amigo. Como sempre, muito inteligente e profundo.

    Abraços,

    Furtado.

    ResponderExcluir
  5. Indo..vindo....parando...seguindo...mais nunca sem saber onde estar...vc me lembra um certo alguem que por sinal escreve agora essas palavras...

    Ademerson Novais de Andrade

    ResponderExcluir
  6. Inconstancias...
    Quem és?
    És um ser de razões desconhecidas,talvez...
    nada casual, nas entranhas
    dos porquês...
    Mas sois real...
    Indos e vindos, faz parte, quando ainda
    nos descobrindo...
    Lá na frente, um dia olhará para trás sorrindo
    e dirá para o si do ser: Eu sabia, algo me dizia...

    Linda semana pra ti
    Bjss

    ResponderExcluir
  7. Não sendo ou não estando, seu texto tem toda a possibilidade de ser. :-)

    ResponderExcluir
  8. Obrigada pelas palavras no blog da Stella.
    Tem dias que a gente não sabe pra que lado se vira.
    Lindo poema.
    beijos

    ResponderExcluir
  9. Nossa.. muito bom! Eu adorei =)

    ~obrigado pelo comentário no meu blog, amigo, volte sempre.

    *DB*

    ResponderExcluir
  10. Navegando sem ruma com a intenção de divulgar o meu blog, cheguei até você e gostei do que vi, tanto que pretendo voltar mais vezes. No momento estou impedida de fazer leituras muito extensas, pois a claridade da tela do computador está prejudicando um pouco a minha visão, devo tomar cuidado. Em breve resolverei esse problema. Bem, já que estou aqui aproveito para convidar a conhecer FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... em http://www.silnunesprof.blogspot.com
    Eu como professora e pesquisadora acredito num mundo melhor através do exercício da leitura e enauqnto eu existir, vou lutar para que os meus ideiais não se percam.
    Se gostar da minha proposta, siga-me.
    Por hoje fico por aqui, Espero nos tornarmos bons amigos.
    Que a PAZ e o BEM te acompanhem sempre.
    Saudações Florestais !

    ResponderExcluir
  11. Se sou toda possibilidade de não ser e continuo, assim, não sendo, o que sou?

    ResponderExcluir
  12. Grande versos leio seu, onde a alquimia é presente na vida do existir.

    Eu não esqueci um só de todos os meus amigos aqui, e hoje retorno, depois de muito trabalho com o nosso Site, com os 1000 Sonetos, agora poderei estar ao lado de todos , matando as saudades, que se fazem presente ao presente momento,
    passa lá no meu cantinho, tem
    NATAL
    com carinho, Efigênia

    ResponderExcluir
  13. João,somos e não somos, dependendo das ondas que nos embalam ou que nós embalamos.
    Acho lindo o título do seu blog!! Veja lá quem sou eu,que também não sou.

    http://cantaambiente.blogspot.com/2009/11/esta-sou-eu.html#comments

    Abraço,
    Angélica

    ResponderExcluir
  14. Porque será que os pássaros
    Cantam na partida do dia
    Porque será que um amante ausente
    Fica de alma apertada, vazia?

    Porque será que as ondas lamentam
    Em sussuros de sal no areal
    Porque será que as rezas são feitas
    Para correr para o longe o perverso mal?


    Boa semana


    Abraço

    ResponderExcluir
  15. Lindo poema, João. Não tive tempo de publicar todos os textos e poemas durante o aniversário do manual, mas vou seguir postando todos os poemas que alinhavei com os olhos. Obrigada pelo carinho.
    Bjs

    ResponderExcluir
  16. ...traigo
    sangre
    de
    la
    tarde
    herida
    en
    la
    mano
    y
    una
    vela
    de
    mi
    corazón
    para
    invitarte
    y
    darte
    este
    alma
    que
    viene
    para
    compartir
    contigo
    tu
    bello
    blog
    con
    un
    ramillete
    de
    oro
    y
    claveles
    dentro...


    desde mis
    HORAS ROTAS
    Y AULA DE PAZ


    TE SIGO TU BLOG




    CON saludos de la luna al
    reflejarse en el mar de la
    poesía...


    AFECTUOSAMENTE:
    A FABULA CASA DA ALMA


    DESEANDOOS UNAS FIESTAS ENTRANABLES OS DESEO FELIZ AÑO NUEVO 2010 Y ESPERO OS AGRADE EL POST POETIZADO DE LA CONQUISTA DE AMERICA CRISOL Y EL DE CREPUSCULO.

    José
    ramón...

    ResponderExcluir
  17. Poema filosofico, menino. Amei!!

    bjs

    ResponderExcluir